Rodrigo Brizzi

Bass Player

Bio

Rodrigo Brizzi começou a tocar aos 15 anos e teve sua primeira banda neste período. Em 2000, iniciou as aulas particulares de contrabaixo e depois de 6 meses decidiu ingressar na Escola de Musica & Tecnologia (EM&T) para aperfeiçoar seus conhecimentos no instrumento. Durante este período no Instituto de Baixo & Tecnologia teve aulas com os baixistas Max Robert e Fabio Zaganin, além de diversos contatos com profissionais do meio musical. Foi através de um destes contatos que conseguiu a oportunidade de fazer parte da equipe de colaboradores da Revista Cover Baixo, onde foram publicadas colunas, transcrições, análises, testes e matérias de sua autoria, de agosto de 2004 a maio de 2007.

Ainda nos tempos de estudante, passou a lecionar contrabaixo e também fez parte de diversas bandas, tais como Night Riders, Wishmaster, Funk You!, Jazz Gig, S.T.A.B. e Monument, sempre buscando estilos diferentes e aprimoramento.

No inicio de 2005 se formou pelo IB&T, após completar os oito módulos do curso (de um total de 4 anos). No mesmo ano deu início a seu curso de contrabaixo no site Cifra Club, voltado para os iniciantes no instrumento. Teve neste período parcerias com as marcas deOliveira (contrabaixos) e PedalBoard (cases).

Tocou em diversas casas de São Paulo e no interior. Também foi convidado para os festivais deOliveira Day e Cover Baixo/IB&T Festival onde fez apresentações solo ou com o trio Kalango Kamikaze, formado pelos renomados músicos Marcio Okayama e Luis Pagoto. Também tocou em diversos festivais de guitarra tais como algumas edições do Guitar Player Festival e no Free Note Festival. Foi baixista do guitarrista Duca Belintani em shows no SESC São José dos Campos e no Festival de Música de Ilha Comprida.

Além do curso vigente no site cifraclub.com.br tem ainda seu material institucional também publicado nos sites toquemaisbaixo.com.br e no Baixista.com.br.

Em 2012 foi o produtor responsável pelo EP “Human Decay” da banda paulista It’s Dead End.
Já em 2013 foi selecionado através de testes para integrar a banda Fates Prophecy, que possui 20 anos de carreira e 4 álbuns lançados.

Neste mesmo ano fez apresentações com a banda Mr. Geek em eventos de cultura japonesa, tais como Anime Friends, Anime Nipo e Up!ABC. Com a mesma banda realizou em 2014 um pocket show na Livraria Cultura, celebrando o dia da toalha (orgulho nerd). Foi entrevistado para a seção Profile da revista Roadie Crew (ed. 182 / março 2014).

A partir de agosto de 2014 se tornou colaborador e transcripter da revista Bass Player Brasil.
Exerceu função de especialista em produtos Fender (baixos e amplificadores) nos anos de 2013,  2014 e 2015 na Expomusic, pela Pride Music. Endorser dos pedais Tom Tone e cabos Santo Angelo.



JAPÃO

Após se mudar para o Japão em meados de 2016, Rodrigo Brizzi inicia trabalhos como músico contratado e fixo em bandas com grande expressividade dentro da comunidade brasileira no Japão. Seus trabalhos em terra nipônicas incluem Duo in Concert (com quem teve a oportunidade de se apresentar no Brasil Day 2017 em Tokyo), Merry You Big Band e Banda Dahu (vencedora como melhor banda do Brazilian International Press Awards Japan nos anos de 2013 e 2014).

Fotos: Junior Maeda e Debora H. T. Brizzi